sexta-feira, 30 de outubro de 2009

RECUPERAÇAO EMPACOTADA

Depois dos "surpreendentes" dados preliminares do PIB Americano do 3º trimestre ontem, saíram hoje os dados relativos aos rendimentos e gastos relativamente ao mês de Setembro.

Mas vamos 1º analisar os dados de ontem, relativos ao PIB (cortesia do Briefing):
  • O programa "Cash for Clunkers" contribuiu com 1.01 pontos percentuais do total de 2.36 pontos percentuais que o consumo pessoal adicionou ao PIB;
  • O programa fiscal "First-time homebuyers" beneficiou não só as empresas de construção - que viram finalmente o fim da queda na construção de novas casas - mas também as imobiliárias através de aumentos nos seus rendimentos/comissões. Só esses aumentos nos rendimentos/comissões foram responsáveis por 1/3 do aumento da componente de investimento residencial.
Ou seja, os créditos para este PIB do 3º trimestre vão maioritariamente paro o governo de Barack Obama e os seus pacotes de estímulo, financiados por mais dívida.

No entanto, tal como o álcool nunca foi solução para o alcoolismo, mais dívida nunca será solução para um país grosseiramente endividado. Por isso, o governo terá eventualmente percebido isso e está agora a descontinuar os programas de estímulo, o que deverá arrefecer bastante este PIB altamente governamentalizado. Alias, os dados hoje conhecidos sobre o rendimento (+0%) e o consumo (-0.5%) relativamente ao mês de Setembro confirmam esse mais do que provável arrefecimento...

Um bom fim-de-semana,

Dax Speculator