segunda-feira, 15 de setembro de 2008

LEHMAN, MERRIL E AIG

Dados os acontecimentos do final da semana passada, o fim deste bear market fica cada vez mais distante.

A Lehman Brothers (LEH), com uma dívida de 613 mil milhões de dólares, declarou falência; a Merril Lynch (MER) foi comprada pelo Bank of America por 50 mil milhões de dólares; o American International Group (AIG) pediu 40 mil milhões de dólares à FED na forma de empréstimos de curto prazo, ou para bom entendedor, pediu para ser bailed out.

Destas 3 corporações - que estavam listadas na minha última mensagem sobre esta crise financeira (ver "QUEM TERA MAIORES DIFICULDADES?") - a Merril Lynch estava em 1º lugar da lista, a Lehman Brothers estava em 4º lugar e o AIG em 9º.

Seguem os respectivos gráficos semanais destas 3 empresas para se ter uma ideia da gravidade da situação financeira destas ou, pelo menos, da interpretação que o mercado faz sobre essa situação financeira:






Penso que não há muito mais a dizer... É cada vez mais certo de que não estamos a viver uma crise como a Crise financeira asiática (1997/1998) ou como a Savings and Loan crisis da década de 80 mas sim, como disse George Soros, a mais grave crise dos últimos 30 anos ou, pior ainda, a prior crise desde 1929 ("PIOR CRISE DESDE 1929?").

Uma boa semana,

Dax Speculator