quarta-feira, 3 de setembro de 2008

SHORT COVERING NO PETROLEO?

Na minha última análise ao Petroleo foi identificado um padrão de candlesticks mortal (*): um Identical Three Crows (ver "IDENTICAL THREE CROWS").

Tal com referido na altura, o padrão prometia uma grave perda de poder compra, ou seja, ausência de compradores fortes:

"Este padrão é similar ao padrão "THREE BLACK CROWS" mas é característico de uma forma mais severa de perda de poder de compra"

Ora, esta ausência de mãos fortes num mercado muito sobre-comprado só podia dar em quedas violentas! E assim aconteceu. O Petroleo caiu 25% desde os 146 aos 110 (fecho de ontem), tendo feito um mínimo intraday de 105.46 USD.

Na sessão de ontem houve um aumento brusco da volatilidade intraday, o que pode significar uma capitulação, pelo menos no curto prazo. Essa volatilidade deveu-se a um padrão de candlesticks já aqui referido, uma High Wave:




As High Waves são mais significativa em topos mas há que tê-las em atenção também nos fundos. A contribuir para um eventual ressalto estará igualmente a última referência deste bull market, a média móvel de 200 dias, actualmente nos 111 USD e ultrapassada ontem em fecho.

Finalmente, caso o short covering se concretize, estou curioso para ver quais serão os "motivos" invocados pelos media. Serão os próximos furacões a passar perto do Golfo Pérsico: o Hanna e/ou o Ike?

(*) - É claro o gestor do hedge fund da Ospraie Management não viu o padrão. Se o tivesse identificado talvez não tivesse que fechar o tal fundo depois de perdas na ordem dos 38%. E o pessoal do Lehman Brothers também não devem ter visto o padrão porque, senão, teriam vendido a participação que têm naquela "gestora"...