sexta-feira, 16 de maio de 2008

EFEITO DAS ELEIÇÕES

Hoje irei avaliar o efeito que o ciclo presidencial dos EUA tem tido historicamente no mercado. Há que registar também a mudança de visual do blog para algo mais mais leve, mais legível e agradável. Quem quiser fazer sugestões acerca do visual pode fazê-lo através dos comentários em qualquer uma das mensagens. Agora vamos a isso!

Estive ontem e hoje a analisar qual o efeito que o ciclo presidencial dos EUA teve no ano da eleição no S&P 500 desde a eleição de 1972 e cheguei a algumas conclusões no mínimo interessantes. Todos os anos de eleições estão a negrito para serem mais fáceis de identificar e os anos positivos a verde e negativos a vermelho. Vejamos então a evolução do ano anterior, da eleição e do ano seguinte:


1971 -> +11%

1972 -> +16%

1973 -> -21%


1975 -> +28%

1976 -> +4%

1977 -> -13%


1979 -> +8%

1980 -> +28%

1981 -> -11%


1983 -> +17%

1984 -> -1%

1985 -> +29%


1987 -> 0%

1988 -> +14%

1989 -> +28%


1991 -> +33%

1992 -> +4%

1993 -> +8%


1995 -> +34%

1996 -> +24%

1997 -> +30%


1999 -> +20%

2000 -> -11%

2001 -> -11%


2003 -> +22%

2004 -> +9%

2005 -> +3%

E finalmente:

2007 -> 0%

2008 -> ?%

Observações:

  • Exceptuando 1987 e 2007 que foram anos neutros, ou seja, com variação mínima, os anos anteriores ao da eleição foram sempre espectaculares: mesmo incluíndo 1987 e 2007, tivemos uma subida média de 17%;
  • Exceptuando 1984 e 2000, o ano de eleições é também ele normalmente positivo mas menos espectacular que o ano anterior: mesmo incluíndo este 2 anos negativos, tivemos uma subida média de 10%;
  • O ano à seguir ao da eleição é o pior em termos de desempenho médio com 4 anos negativos, 4 postivos e 1 neutro (2005 subiu apenas 3%). O desempenho médio é, por isso, de 5% o que, após inflação - um factor que o investidor nunca deve menosprezar, é muito próximo de zero;

Conclusões:

2008 promete ser um ano com um desempenho médio, antes da inflação, de 10% (poderá variar entre 5 a 15%) e 2009 promete ser um ano medíocre com desempenho médio, antes da inflação, de 5% mas que poderá também ser negativo.

Bom fim-de-semana,

Dax Speculator