sexta-feira, 9 de maio de 2008

DADOS MACRO

Na próxima semana teremos como dados em destaque - ou seja que podem mexer com os mercados no curto prazo (*) - os seguintes indicadores macro dos EUA:

  • Dia 13 de Maio às 13h30, são conhecidas as vendas a retalho (Retail Sales) de Abril (0,2% é o esperado);
  • Dia 14 de Maio às 13h30, é divulgado os preços no consumidor, ultimamente mais conhecida por inflação no consumidor (o CPI e core CPI) de Abril (0.3% e 0.2% são, respectivamente os valores esperados);
  • Dia 15 de Maio às 13h30, saiem os pedidos iniciais de subsidio de desemprego (Initial Claims) e os fuxos de entrada/saída de dinheiro (TIC flows), nomeadamente as compras líquidas de activos em US Dollar por parte de entidades estrangeiras;
  • Finalmente no 16 de Maio às 13h30, são anunciados as licenças de construção (são esperadas 900.000).

As vendas a retalho são importantes pois têm estado a diminuir desde 2006, o que não abona nada a favor do mercado se assim continuar.




Acerca da inflação, desculpem CPI, queria apenas fazer um comentário: se calcularmos o GDP (Gross Domestic Product) com base no útlimo CPI anual (referente a Março) que está nos 4% e não no core CPI, então esse GDP não cresceu 0.6% como nos querem fazer querer mas diminui 1%.

Os fluxos monetários são muito importantes para o mercado do FOREX, tal como explicado em "O QUE MOVE O FOREX" porque determinam na prática se o mundo está a aumentar ou a diminuir as suas compras de activos denominados em US Dollar (USD).

Por fim, as licenças de construção são o único indicador relativo à construção que considero importante pois é o único que nos permite determinar com elevada fiabilidade o estado do sector da construção e imobiliário.




(*) - Sou da opinião que no médio e longo prazo, os dados macro só têm efeitos quando mudaram a sua tendência. Ou seja, devemos negociar no médio e longo prazo com base na tendência dos dados e não com base num dado específico de determinado período.

Bom fim-de-semana,

Dax Speculator