quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Desejos para 2011

Em vez que já existe uma série de economistas/analistas/bloggers a fazerem previsões optei por fazer antes uma lista de desejos para 2011. Ei-los por importância:

  1. Que a União Europeia perceba finalmente o que tem de fazer para estabilizar a zona Euro: coisas do género "Portugal não é a Grécia" não ajudam nada. Pensar em criar um Departamento do Tesouro Europeu talvez seja mais eficaz;
  2. Que a FED deixe de pronlongar a crise económica global: deixar funcionar a economia e os mercados, ou seja, abandonar os QE's será certamente um grande passo para que isso aconteça;
  3. Que os Chineses acabem com as falsificações e mentiras descaradas, a começar pelos seus produtos e a acabar pelas estatísticas oficiais sobre o PIB, inflação,...;
  4. Que os Portugueses - sindicatos, função pública... - percebam que não se resolve problemas de dívida com mais dívida e, por isso, mais tarde ou mais cedo a "austeridade" viria: se calhar foi é tardia...;

Votos de um bom ano,

Dax Speculator