quinta-feira, 17 de julho de 2008

RELAÇÕES E FALENCIAS

Hoje vou retomar o tema das relações entre os diversos mercados, tema iniciado em "INFLAÇÃO". Vou também falar um pouco sobre a última e maior falência este ano nos EUA.

Eis o gráfico do Light Crude Oil Continuous Contract versus o Ouro:




Passaram-se 5 meses para o petroleo finalmente corrigir. A partir deste comportamento Dax Speculator retira 2 importantes ilações:

  1. O Petroleo é sem dúvida o mercado mais de matérias-primas mais importante;
  2. O Ouro, apesar de menos importante, é claramente o líder.

Acerca das falências de instituições bancárias nos EUA, a FDIC (Federal Deposit Insurance Corp) apreendeu recentemente o IndyMac Bancorp, o maior banco Norte Americano a falir este ano e, até agora, o 5º. Foi a maior falência este ano porque o Bear Sterns foi socorrido e, por isso, não se considera que houve falência.

No entanto e apesar de ser a maior falência este ano, o IndyMac não tinha o estatuto de "too big to fail", tendo um total de activos estimado em 32 mil milhões de USD e depósitos avaliados em cerca de 19 mil milhões de USD. Assim, estima-se que a FDIC tenha de gastar entre 4 e 8 mil milhões de USD para esta apreensão.

Não sei exactamente quais terão sido os critérios para que este banco tenha sido apreendido mas suponho que foram a dimensão que era já considerável, o que poderia minar o que resta da confiança no sistema financeiro.

Assim, parece-me óbvio que os reguladores Americanos estão mesmo em modo de emergência e que terão muito trabalho nos próximos tempos. No curto prazo parece-me positivo mas no longo prazo parece-me que continuará a incentivar o uso excessivo de alavancagens por parte dos bancos.

Para finalizar, relembro que o Fundo de Garantia de Depósitos em Portugal assegura apenas montantes até 25,000.00€. Por isso, para quem tem montantes superiores numa só instituição, convém diversificar. Quem quiser saber mais sobre isso pode fazê-lo aqui.


Dax Speculator