quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

RALLY A VISTA (II)?

Na sequência da 1ª mensagem desta saga (ver "RALLY A VISTA?"), irei hoje publicar mais alguns gráficos que ilustram as relações entre activos e até tipos de activos diferentes e que poderão servir de indicadores avançados para os mercados de acções.

O 1º gráfico é o rácio entre a taxa de juro das obrigações do tesouro Americano com maturidade de 3 meses ($UST3M) e a taxa de juro interbancária a 3 meses ($LIBOR3):




Como se pode ver neste gráfico, sempre que a Libor a 3 meses apresenta, durante várias semanas, maior força relativamente às obrigações do tesouro a 3 meses (o rácio diminui), temos grandes probabilidades de ter um rally a médio prazo.

O 2º gráfico é o rácio entre o S&P 500 ($SPX) e o Nasdaq 100 ($NDX):



Como se pode ver neste gráfico, sempre que o Nasdaq 100 apresenta, durante várias semanas, maior força relativamente ao S&P 500 (o rácio diminui), temos grandes probabilidades de ter uma rally a médio prazo.

O 3º e último gráfico é o rácio entre a taxa de juro das obrigações do tesouro Americano com maturidade de 10 anos ($UST10Y) e a taxa de juro das obrigações do tesouro Americano com maturidade de 3 meses ($UST3M):




Como sabemos, o mercado de crédito congelou no último trimestre do ano passado mas o gráfico acima mostra grandes melhorias e um quase regresso à normalidade.

As eventuais conclusões que se poderão tirar a partir das relações acima demonstradas deverão ser sempre para o médio prazo. Ou seja, é possível que no curto prazo ainda haja alguma pressão vendedora que, em produtos alavancados e com pouca maturidade, poderá ser penalizador. Já em acções com fortes fundamentais, estou convicto que o momento é de forte compra!

Uma boa semana,

Dax Speculator