terça-feira, 26 de julho de 2011

Dados Macro

Esta semana serão conhecidos 2 dados macro-económicos Americanos importantes: a confiança do consumidor, hoje às 15h00, e as encomendas de bens duradouros, amanhã às 13h30.

No que diz respeito ao índice de confiança do consumidor, é um dos indicadores que sustentam o meu pessimismo de longo prazo pois tem vindo a cair desde o fim da bolha tecnológica. No médio prazo, já recuperou 50% da queda desde 2007 mas continua (e deverá continuar) bastante fraco pois as actuais políticas em vigor deverão apenas conseguir prolongar a dor... Para hoje é esperado um valor abaixo do anterior (55 vs 58.5):


Quanto às encomendas de bens duradouros, aplica-se o mesmo raciocínio que no índice de confiança do consumidor pois, 2 anos depois do "fim da recessão", este ainda continua 50% abaixo dos máximos de 2007. Para amanhã e relativamente ao mês de Junho espera-se um aumento de 0.5%:



Isto foi tudo o que a teoria económica que tem sido praticada nos últimos anos pelos estados e bancos centrais conseguiu. O seu mentor, John Maynard Keynes, era da opinião de que para contrariar as recessões económicas, o estado podia substituir-se ao sector privado. No entanto, passada mais de um década a praticar o "Keynesianismo", eis o estado das finanças do colosso Americano (cortesia do MoneyGame):



Ver também:

Neoliberalismo
Escola Keynesiana

Votos de uma excelente semana,

DS