segunda-feira, 21 de abril de 2008

ANALISE TECNICA DO OURO

Depois de ter desenvolvido os pontos 1 e 2 de "QUE TENDENCIAS SEGUIR?" na semana passada e conforme prometido, vou hoje abordar mais detalhe o ponto 3. Vou falar-vos do Ouro, ficando o Crude para outro dia. Irei focar-me sobretudo na análise técnica visto já ter exposto os aspectos fundamentais que deverão influenciar as cotações do metal precioso em "WHY THE DOWNSIDE IN GOLD?".


Porém, antes de entrarmos na AT, quero clarificar alguns aspectos muito importante do Ouro. Nomeadamente, no que diz respeito à sua "dupla personalidade":


  1. O metal precioso tem a particularidade única de constituir uma parte importante das reservas dos maiores bancos centrais, a par de moedas de referência tais como o Dólar Americano (USD), o Euro (EUR), o Yen (JPY) e a Libra Inglesa (GBP). O metal dourado é por isso considerado uma contrapartida monetária e anti-inflaccionista. O maior detentor de Ouro a nível mundial são, actualmente e naturalmente, os EUA;

  2. Paralelamente o Ouro é uma matéria prima e, como tal, tem de ser extraído e estar também de certa forma sujeito às leis da oferta e da procura;

Penso ser esta "dupla personalidade" acima descrita que torna a evolução da sua cotação tão volátil. Quem quiser saber mais sobre o Ouro, pode fazê-lo aqui na Wikipedia.

Vamos agora explorar a AT. Em "HIGH WAVE IN GOLD!", já tinha chamado atenção para a importância e o perigo de uma vela high wave em topos. O facto da vela estar num gráfico semanal reforça ainda mais a sua importância pois time frames superiores sobrepõem-se a time frames inferiores. O mercado "viu" a vela e "fugiu", fazendo com que o Ouro caísse mais de 10% numa semana, o pior desempenho semanal desde 1990.

Hoje vamos falar de um possível Head & Shoulders no gráfico diário que, a ser activado, fará com que o metal dourado corriga muito provavelmente até à zona dos 780, ver gráfico:





Atenção que este padrão só será activado e logo válido com um fecho abaixo dos 888 mas parece-me que isso está para breve... ;-)

Bons negócios,

Dax Speculator