quarta-feira, 10 de outubro de 2012

O que descontar?

Como já referi aqui várias vezes, os mercados são máquinas de descontar o futuro. As maioria das notícias não interessa para nada pois já estão descontadas. Em termos de notícias, apenas acontecimentos inesperados é que influenciam os mercados nos médios e longos prazos.

Por isso irei fazer mais um daqueles exercícios que todo o investidor/especulador deve fazer: resumir o que os mercados poderão descontar nos próximos tempos.

ASPECTOS POSITIVOS:

1. Não consigo vislumbrar nenhum. Quem se lembrar de algum, por favor ponha nos comentários que eu irei actualizarei esta parte se o considerar válido.

ASPECTOS NEGATIVOS:

1. Probabilidade da crise da zona Euro se agravar com a Espanha a ser obrigada a pedir um resgate;

2. Com a FED e o BCE sem mais munições pois já prometeram, respectivamente, compras intermináveis e ilimitadas. Mais do que isso, só se decretarem a fusão dos bancos centrais com os respectivos ministérios das finanaças... 

3. Reduzido impacto na economia das actuais políticas da FED e BCE;

4. Possibilidade real de "hard landing" da economia Chinesa relativamente à qual nunca acreditei nem irei acreditar pois esta é mais uma economia planeada pelo poder central que irá falhar (ver ex-URSS e Japão).

DS