quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Discordo Sr. Gross

Nos últimos meses tenho lido e apreciado todos os "Investment Outlooks" de Bill Gross, fundador e director executivo da Pimco, mas tenho que comentar o seu recente discurso perante o congresso Americano, em Washington. Discordo particularmente da seguinte afirmação:

"Having grown accustomed to a housing market aided and abetted by Uncle Sam, the habit cannot be broken by going cold turkey into the camp of private lending.", ou em Português, "Tendo crescido acostumado a um mercado imobiliário ajudado e incentivado pelo Tio Sam (o governo dos EUA), o hábito não pode ser quebrado - qual peru frio - indo agora para o campo de empréstimos privados."

Apesar de errado porque, entre outros aspectos, distorce completamente o mercado e arruína a iniciativa privada, devemos continuar só porque estamos acostumados à mama???

"Private mortgage lenders will demand extraordinary down payments, impeccable credit histories and significantly higher yields than what markets grew used to over the past several decades.", ou em Português, "Instituições de crédito hipotecário privadas pedirão adiantamentos extraordinários, históricos de crédito impecável e rendimentos significativamente acima do que os mercados se acostumou ao longo dos últimas décadas."

Então e isso não é lógico? Não devem aqueles que têm um histórico de crédito impecável pagar menos do que aqueles que entraram constantemente em incumprimento, à semelhança do que acontece no sector dos seguros automóveis?? Não deve o credor exigir um rendimento muito acima do que o mercado se acostumou nas últimas décadas para evitar que o gráfico da minha anterior mensagem volte a aparecer tão cedo??? Ou o Sr. Gross acredita que contrair empréstimos 6 vezes (ou mais) acima do rendimento anual de um agregado familiar é normal e saudável???

Cumprimentos,

Dax Speculator