quinta-feira, 21 de maio de 2015

Correr atrás do prejuízo

Segundo a edição de hoje do jornal de negócios - que parece não saber a diferença entre depósito e fundo de investimento (pág. 26) - o governo vai abrir o capital das caixas económicas "de maior dimensão". 

Este novo regime visa atrair novos capitais para a Caixa Económica Montepio Geral, que é a maior caixa económica do país e aquela que gera maiores preocupações ao governo actualmente. 

Até agora permitiu-se que milhares de particulares sem a mínima formação financeira se constituíssem "associados" - na prática são mesmo accionistas - da Associação Mutualista Montepio Geral e agora tenta-se remediar o mal, abrindo o capital da sua Caixa Económica Montepio Geral a novos accionistas que não aos associados da Associação Mutualista Montepio Geral. Esta medida é positiva mas peca por ser muito tardia e correr atrás do prejuízo...

Finalmente quero dizer que este governo conseguiu fazer em 3 anos o que outros não fizeram em dezenas de anos. No entanto, na maior parte dois casos, o mal está feito e apenas poderá ser remediado como é o caso do Montepio Geral...

DS