quarta-feira, 18 de julho de 2012

FMI responde ao tribunal constitucional

O FMI veio esta semana dizer que os 2000 mil milhões que irão faltar para o orçamento de 2013 por causa da decisão do tribunal constitucional terão de ser conseguidos através da diminuição da despesa e não do aumento da receita.

Na minha opinião, esta é uma indirecta do FMI para o tribunal constitucional não se envolver agora - visto que nunca se envolveu até ao momento - em questões sobre igualdades de direitos e deveres entre sector público e privado....


Cumprimentos Algarvios,

DS