sexta-feira, 25 de maio de 2012

Catalunha pede ajuda ao governo central

"Não queremos saber como eles o farão, mas nós precisamos de fazer os pagamentos até final do mês. Qualquer economia não pode recuperar se não se pagarem as contas"

Esta afirmação é do presidente da Catalunha Artur Mas e foi proferida hoje, perante meios de informação estrangeiros, ao admitir que a Catalunha vai pedir ajuda financeira ao governo central porque está a ficar sem opções para refinanciar a dívida desde ano e para pagar contas (e salários)...

Nos últimos 2 anos a Catalunha colocou as obrigações "patriotas", por 4,5 a 5,0%, mas diz que a capacidade das pessoas da região para comprar mais títulos está no seu limite. Um quarto de todas as economias Catalãs já estão em títulos do "patriotas", disse ele.

A outra opção seria financiamento de curto prazo dos bancos mas a região de Valência, próximo da Catalunha, pagou recentemente 7 por cento para um empréstimo de 6 meses, um nível considerado insustentável.

Os pagamentos anuais de juros da Catalunha já duplicaram nos últimos 2 anos, para 2 bilhões de euros este ano.

Entretanto a negociação das acções do Bankia foi hoje suspensa pois é esperado um anúncio por parte da instituição sobre as condições do seu resgate, cujo custo tem vindo a aumentar diariamente....

Votos de um bom fim-de-semana,

DS