quinta-feira, 7 de abril de 2011

Os números do "nosso" resgate

Os números do resgate a Poirtugal são, segundo o Royal Bank of Scotland (RBS):

– 60.000 milhões de Euros para cobrir as necessidades de financiamento de Portugal fora dos mercados e sem refinanciar as obrigações que vencem até 2013 (1)

– 10.000 milhões de Euros para recapitalizar os bancos, se tal for necessário (2)

– 14.000 milhões de Euros para injectar (a fundo perdido) nas empresas estatais - vulgo lixo - até 2013 (3)

(1) Geralmente, 20.000 milhões de Euros por ano. Três anos é o período normal deste tipo de programas mas o problema continuará a persistir depois de 2013: pode ser entregue pelo Mecanismo Europeu de Estabilidade (ESM) e, por isso, existe o risco real de reestruturação da dívida. Este poderá ser um dos pontos mais difíceis de negociar.

(2) Não garante as eventuais necessidades de financiamento de todos os bancos nacionais até 2013, que o RBS estima em 37.000 milhões de Euros.

(3) Estimativa do RBS. Um dos últimos actos do governo antes de pedir o resgate foi garantir todos os pagamentos necessários da Refer! Puro Risco Moral!!