terça-feira, 4 de novembro de 2008

DIVERGENCIA NO BOVESPA

Na minha 1º análise técnica ao Bovespa (ver "ANALISE TECNICA DO BOVESPA") o índice ameaçava partir mais um suporte (os 48600):

"Dito isso, no semanal o Bovespa está muito bearish pois, apesar de se encontrar mesmo em cima de um forte suporte - os 48600 - constituído pela Linha de Tendência Ascendente de longo prazo e pelo próprio suporte horizontal, este não deverá aguentar muito tempo esta colossal pressão vendedora que levou o Bovespa a perder mais de 30% em 3 meses.".

E assim aconteceu. O Bovespa partiu todos os suportes que havia para partir pela frente, passando como faca em manteiga pelos 48600, 46000, 42000, 32800 até chegar aos 29400. É isso que acontece quando estão todos do mesmo lado... Mais, ficou mais um vez provado que não se deve negociar apenas tendo por base padrões de Candlesticks porque o Hammer identificado no gráfico diário na altura teve apenas um efeito positivo de curtíssimo prazo tendo o Bovespa caído mais de 40% depois de passado esse efeito.

Agora temos finalmente algumas boas notícias no Bovespa: uma divergência bullish no gráfico diário:



A título de exemplo e respondendo ao comentário do JP em "DIVERGENCIAS, COMO IDENTIFICAR E NEGOCIAR?", a zona assinalada deveria ter sido usada para fechar posições curtas e, eventualmente (*), abrir algumas posições longas a título especulativo.

Assim, estamos muito provavelmente num rally alimentado por short covering neste mercado e nos mercados de materiais básicos - vulgo commodities - que foram fortemente castigados nos últimos meses.

(*) - Eventualmente porque a tendência ainda é de baixa.

Boas especulações,

Dax Speculator